SEM CERIMÓNIAS.
Resultados incríveis só com as perguntas certas: as difíceis.

A GRINGO é a agência desconfortável para as marcas acomodadas.

Queremos saber os podres.

Só a verdade produz resultados.
Na GRINGO não há cerimónias. Onde cheirar mal, pomos o dedo.

Em casa de publicitário, slogan de pau.

Partilhamos dores de crescimento.
Sabemos que acomodação é segurança, e que as verdades doem. Mas é com desconforto que as marcas atingem resultados.

Mais marcas que se desacomodaram com a GRINGO:

Trabalhar com a GRINGO é suar do bigode.

Jogamos ao sério. Olhos nos olhos.
Observamos as marcas como vieram ao mundo, despidas de slogans, design e maquilhagens.

O PROCESSO EM 5 PASSOS

A desconfortologia da GRINGO

Escrutinamos todo e qualquer assunto porque as respostas não estão todas no relatório do trimestre passado.

1.

Contactar a GRINGO

Quer saiba exatamente o que quer para a sua marca ou não faça a mínima ideia. Vamos agendar uma reunião para desacomodar a sua marca.

2.

As perguntas certas 

É aqui que jogamos ao sério e fazemos as perguntas que não estão nos livros. Olhos nos olhos, vamos esfregar sal na ferida e pôr o dedo onde cheirar mal. Já sabe, a GRINGO não faz cerimónias.

3.

Dormir sobre o assunto

Não há soluções mágicas. Agora que a idade dos porquês está satisfeita, vamos traçar um plano de ação alinhado com os objetivos da sua marca.

4.

Dores de crescimento 

Só o desconforto permite aumentar vendas e atrair clientes. Depois da adjudicação, passamos à produção da ação publicitária. O desconforto está no ar!

5.

Resultados desconfortáveis 

Na GRINGO, o que arde, cura. Está na altura de recolher os resultados da ação e avaliar os próximos passos. A postos para mais perguntas difíceis?

Prometemos esfregar sal na ferida.

As perguntas certas são as difíceis.
Nunca saímos da idade dos porquês. Nem queremos. Somos tu-cá tu-lá com as perguntas que não estão nos livros.
Na GRINGO o que arde, cura.

A postos para perguntas difíceis?

Para aumentar vendas e atrair clientes não se pode fazer a mesma campanha de sempre e esperar resultados melhores. Quando uma marca nos confia um problema, dormimos a pensar nele. Apontamos para cima, porque vergonha só se quer alheia.